KPMG: fusões e aquisições em 2007 batem novo recorde

O volume de fusões e aquisições no Brasil bateu novo recorde no acumulado de janeiro a setembro, segundo levantamento divulgado hoje pela consultoria KPMG. Foram anunciadas no período 531 transações, número 12% superior ao total registrado em todo o ano passado. De julho a setembro houve o maior volume trimestral da história, com 237 operações.Nos primeiros nove meses do ano, o número de empresas brasileiras adquirindo estrangeiras se manteve alto, com 70 acordos contra 62 no mesmo período de 2006. Já os negócios liderados por companhias estrangeiras tiveram crescimento de 143, nos primeiros nove meses do ano passado, para 203 em 2007. As transações domésticas, realizadas entre empresas brasileiras, registraram um salto de 88% no período, com 258 operações, contra 137 de janeiro a setembro de 2006.O setor de maior movimento foi o de Alimentos, Bebidas e Fumo, com 51 transações. Destacaram-se neste setor as transações de frigoríficos, com 16 acordos. Os setores de Tecnologia da Informação e Imobiliário ficaram empatados, com 39 transações cada, seguidos de perto pelo setor de Shopping Centers, com 38 acordos.

EQUIPE AE, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 13h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.