Kuwait confirma investimento no Citi e no Merrill

A Autoridade de Investimento do Kuwait (KIA, na sigla em inglês) confirmou, em comunicado, que assumirá papel de liderança na recapitalização de dois grandes bancos de Wall Street. A instituição vai colocar US$ 3 bilhões no Citigroup e outros US$ 2 bilhões no Merrill Lynch. Os investimentos de hoje são uma nova aposta do pequeno emirado, rico em petróleo, no setor bancário norte-americano. Trata-se também de uma grande mudança no posicionamento da KIA, que até agora gastou menos petrodólares que fundos de países vizinhos como Catar e Dubai - estas nações, como o Kuwait, fazem parte dos Emirados Árabes Unidos.A KIA sinalizou que os investimentos são passivos e de longo prazo. "Como investidor de longo prazo, a KIA acredita que os mercados oferecem atualmente oportunidades atraentes no setor financeiro", diz o comunicado. A KIA é um dos fundos mais antigos e experientes de uma série de veículos de investimento do Oriente Médio, com mais de US$ 200 bilhões estimados em ativos. Mas é significativamente menor que a Autoridade de Investimento de Abu Dhabi que, nas estimativas de alguns, administram pouco menos que US$ 1 trilhão em ativos - no ano passado, o fundo de Abu Dhabi comprou participação de US$ 7,5 bilhões no Citigroup. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.