Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Lafer discorda de Mantega sobre prazos para Alca

O ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, discordou da posição do assessor econômico do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, Guido Mantega, de que devem ser revistos os prazos de negociação da Área de Livre Comércio das Américas (Alca). Lafer disse que não deseja entrar em polêmica com a equipe de Lula, mas que ele próprio teria pedido mais tempo, se os prazos acertados até agora fossem insuficientes. "Creio que os prazos previstos, sejam das ofertas iniciais, sejam das ofertas melhoradas, são factíveis", argumentou. "Se eu não achasse que fossem factíveis, não os teria aceito."Mantega opinou ontem sobre os prazo da Alca durante encontro na Câmara Americana de Comércio, em São Paulo. Segundo o ministro Lafer, o esforço do governo do presidente Fernando Henrique Cardoso é o de dar à equipe de Lula "ampla oportunidade para fazer sua própria avaliação e o de deixar condições em aberto, com prazos viáveis"."Não quero fazer avaliação nem positiva nem negativa sobre a decisão que caberá ao novo governo", disse. "Mas o próximo governo terá elementos adicionais para fazer uma avaliação cuidadosa da situação." Segundo Lafer, para ser coerente com o conselho do presidente Fernando Henrique Cardoso, de que não cabe ao atual governo aconselhar o próximo, não se estenderia mais sobre o assunto.FrangoLafer afirmou também que ainda está examinado quais medidas podem ser adotadas contra as dificuldades criadas pelos Estados Unidos para as exportações de frango do Brasil para o Canadá. "Se houver um caso que possa se enquadrar no âmbito do mecanismo de solução de controvérsias na OMC, isto será examinado com toda a atenção", disse.Ontem, o ministro da Agricultura, Pratini de Moraes, disse que caso os EUA não recuem na pressão contra o frango brasileiro, o Brasil poderá questionar a ação na Organização Mundial do Comércio (OMC). O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sergio Amaral, disse que não está acompanhando o assunto.

Agencia Estado,

19 de novembro de 2002 | 15h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.