Lagarde alerta para queda no dólar caso não haja acordo nos EUA

Um fracasso nas negociações para elevar o limite da dívida dos Estados Unidos até o prazo de 2 de agosto pode causar uma queda no dólar e levantar "dúvidas" entre os que usam a moeda como reserva, afirmou a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

REUTERS

28 de julho de 2011 | 20h11

"Isso provavelmente implicaria uma queda do dólar frente a outras moedas, e provavelmente causaria dúvidas sobre se ele é de fato a principal moeda para fazer reservas", disse Lagarde em entrevista ao programa PBS NewsHour.

Lagarde, ex-ministra das Finanças da França, disse que é difícil prever o que ocorrerá no mercado caso os EUA não chegarem a um acordo e o país entrar em moratória.

"Há muitos que investiram dinheiro em títulos de dívida dos EUA, seria muito difícil e muito dramático", disse.

(Reportagem de Lesley Wroughton)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFMIDEFAULT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.