Lagarde diz que trabalhará por solução para Grécia

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse que vai trabalhar "muito construtivamente" para alcançar um acordo sobre a Grécia na reunião com os ministros das Finanças da zona do euro nesta terça-feira. "Vamos trabalhar muito construtivamente para ver se podemos chegar a uma solução para a Grécia", afirmou ela a caminho das conversas em Bruxelas, na Bélgica. "Esse é nosso objetivo, nossa proposta e nossa missão."

AE, Agencia Estado

20 de novembro de 2012 | 14h17

Lagarde discordou abertamente de Jean-Claude Juncker, chefe do grupo de ministros de Finanças da zona do euro, em uma entrevista à imprensa na semana passada, insistindo que o encargo da dívida grega deve ser reduzida para 120% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2020.

Alguns ministros da zona do euro são a favor de dar à Grécia dois anos extras para que o país atinja esse objetivo, uma medida que iria aliviar um pouco da pressão sobre os credores gregos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaFMIacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.