Lagarde prevê expansão de 1,6% para economias avançadas em 2013

As economias avançadas deverão crescer mais rápido que o esperado no próximo ano, afirmou a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em comentários publicados em um jornal do Chile, neste domingo.

Reuters

16 de dezembro de 2012 | 13h36

Lagarde afirmou ao jornal La Tercera que economias avançadas deverão crescer 1,6 por cento em 2013. A projeção está acima do último cenário oficial do FMI, divulgado em outubro e que previa avanço de 1,5 por cento das economias avançadas atingidas pela crise fiscal. Ela não alterou outras projeções do FMI.

"O cenário geral (global) para 2013 é de crescimento de 3,6 por cento, em média. Acreditamos que economias emergentes e economias de baixa renda vão se expandir em 5,6 por cento, enquanto as economias avançadas crescerão 1,6 por cento", disse Lagarde, segundo o jornal.

"Veremos uma ligeira melhora com relação a 2012", disse a diretora-gerente do FMI, que esteve no Chile na sexta-feira para uma conferência econômica. Para este ano, o FMI projeta um crescimento da economia global de 3,3 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROLAGARDEPIBAVANCADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.