coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Lamy propõe que UE e Mercosul acelerem negociações

O comissário europeu para o Comércio, Pascal Lamy, disse que o Mercosul e a União Européia (UE) devem aproveitar a Cúpula de chefes de Estado em Madri, na sexta-feira e sábado, para acelerar as negociações comerciais entre os dois blocos. "Estamos razoavelmente satisfeitos com o andamento das negociações e queremos usar a oportunidade de termos uma cúpula para dar um senso de rapidez para as negociações", disse Lamy, que participou de uma almoço promovido pelo Fórum Empresarial UE-Mercosul. "Estamos absolutamente comprometidos com o processo de integração com o Mercosul."O principal negociador europeu para o comércio evitou prever quando as negociações poderão resultar num acordo de livre comércio. Os países do Mercosul estão tentando convencer os europeus a estabeleceram um prazo para os final das negociações. "Como um negociador profissional, prefiro tratar da substância antes do que prazos", disse Lamy.Durante a palestra aos cerca de 150 empresários, Lamy manifestou o compromisso da UE de se aproximar "política e comercialmente" com o Mercosul. Ele ressaltou também a necessidade do Mercosul e aprofundar o processo de integração regional. "O Mercosul representa um dos pilares do fundamentos do multilateralismo no mundo", afirmou.O comissário europeu para o Comércio fez também uma crítica às medidas protecionistas adotadas pelos Estados Unidos. Segundo ele, a integração comercial no mundo se dá através do regionalismo ou do multilateralismo. "Eu deixo de fora o unilateralismo, porque isso não é uma opção pelo menos para aqueles que estão nesta sala." Questionado por jornalistas, Lamy evitou comentar as medidas protecionistas dos Estados Unidos e informou que vai tratar do assunto amanhã, durante um fórum promovido pela Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento, em Paris.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.