Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Lançamentos de imóveis em SP devem encerrar 2015 com queda de 38%, diz Secovi

Entidade ainda estima uma queda de 20% na comercialização de unidades; apesar dos esforços de venda, o estoque deve ter alta de 5% neste ano

Lucas Hirata, O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2015 | 13h26

Os lançamentos de imóveis na cidade de São Paulo devem encerrar o ano de 2015 com queda de 38% na comparação com o ano passado, informou nesta quarta-feira, 2, o presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes. O executivo disse também que a expectativa é registrar uma perda de 20% em vendas de unidades imobiliárias.

Apesar dos esforços para venda, o presidente do Secovi-SP disse que o estoque deve terminar o ano com alta de 5% na capital. O executivo explicou que o estoque é formado em grande parte por unidades em construção, enquanto a fatia das prontas é menor. Bernardes lembrou que logo as unidades em construção estarão prontas, o que pode pressionar os números das empresas.

O executivo disse também que os números de São Paulo são parecidos com os do cenário nacional. De acordo com ele, a perspectiva é que os lançamentos no Brasil encerrem o ano com queda de 24%. Já as vendas devem terminar o ano com recuo de cerca de 7% em 2015. A diferença no ritmo de enfraquecimento de lançamentos e vendas, disse Bernardes, reflete esforço das empresas em colocar estoque na rua e acelerar as vendas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.