Lançamentos evendas de imóveis recuam no País

lNo ano em que incorporadoras deram prioridade à redução de estoques, os lançamentos somaram 60,3 mil unidades no País, 19,3% menos do que em 2014, segundo o índice calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com a Associação Brasileira de Incorporadoras (Abrainc). “Característica foi a seletividade dos lançamentos”, diz o vice-presidente da Abrainc, Renato Ventura. “As empresas foram mais criteriosas, analisando localização e comparando a oferta de produto com lançamentos anteriores.”

O Estado de S.Paulo

09 Junho 2016 | 05h35

Com 126,8 mil unidades entregues em 2015, observou-se recuo de 25,3%. Segundo Ventura, esses números mostram que o ajuste no mercado começou em 2012, já que imóveis entregues em 2015 foram lançados nessa época. As vendas também caíram. Com 108,9 mil unidades, o recuo foi de 15%. “2015 não foi bom para o setor, que é sensível à confiança do comprador, que espera mudança de cenário no País.” Um bom termômetro foi o aumento de 10,7% no número de distratos (cancelamentos de compra), chegando a 49.955 unidades. A média mensal subiu de 3,8 mil para 4,2 mil desistências.

Mais conteúdo sobre:
Fipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.