LATAM Airlines vê recuperação de grau de investimento até início de 2016

A LATAM Airlines, a maior companhia aérea da América Latina e que foi criada através de uma aliança entre a chilena LAN e a brasileira TAM em 2012, disse esperar que sua dívida receba classificação de grau de investimento até o começo de 2016.

Reuters

29 de abril de 2014 | 14h59

A companhia, que como LAN tinha grau de investimento e era vista como uma "queridinha" do mercado, tem enfrentado dificuldades desde a fusão para deixar suas operações no Brasil em linha diante de um cenário com economia em desaceleração e ventos cambiais desfavoráveis.

A companhia aérea afirmou que os resultados devem melhorar conforme medidas de corte de custos tenham efeito, e o vice-presidente financeiro Andres Osorio disse na assembleia geral anual da companhia, nesta terça-feira, que a empresa espera voltar ao status de grau de investimento até o final de 2015 ou a primeira metade de 2016.

A S&P classifica a companhia atualmente em BB.

(Por Felipe Iturrieta)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASLATAMAIRLINESGRAUINVESTIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.