Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Rodrigo Garrido/ Reuters
Rodrigo Garrido/ Reuters

Latam suspende voos para Milão

Último voo da empresa para São Paulo deve sair nesta segunda, 2.

Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo

02 de março de 2020 | 15h15

A companhia aérea Latam suspendeu, a partir desta segunda-feira, 2, seus voos entre São Paulo e Milão por causa da propagação do coronavírus e da queda de demanda por viagens para a Itália. A medida vale até 16 de abril, informou a empresa. O último voo de Milão para São Paulo deverá sair nesta segunda-feira, 2.

"Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota. A companhia é consciente do problema e espera que a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes", afirmou, em nota, o presidente da companhia no Brasil,  Jerome Cadier.

 A companhia afirmou ainda que os passageiros com passagens compradas poderão remarcar a viagem sem multa ou solicitar reembolso.  Aqueles que já estão em Milão e retornariam para São Paulo depois desta segunda-feira serão realocados em voos de outras empresas ou em outras rotas da própria Latam. 

Coronavírus

A confirmação da presença do coronavírus em todos os continentes está causando preocupação sobre a capacidade de reação global à doença. O vírus que surgiu na China no fim do ano passado já chegou a 64 países, ultrapassa o número de 3 mil mortes e chega quase aos 88 mil infectados. O Brasil confirmou o seu segundo caso no sábado, 29, ambos em São Paulo, e investiga 252 casos suspeitos. 

Os sintomas da infecção podem se assemelhar a uma gripe comum na maioria das pessoas e, para evitar a propagação do vírus, os órgãos recomendam medidas de higiene simples, como lavar as mãos regularmente e usar álcool em gel. Confira aqui respostas para perguntas frequentes sobre o assunto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.