Rodrigo Garrido/ Reuters
Rodrigo Garrido/ Reuters

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Latam suspende voos para Milão

Último voo da empresa para São Paulo deve sair nesta segunda, 2.

Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo

02 de março de 2020 | 15h15

A companhia aérea Latam suspendeu, a partir desta segunda-feira, 2, seus voos entre São Paulo e Milão por causa da propagação do coronavírus e da queda de demanda por viagens para a Itália. A medida vale até 16 de abril, informou a empresa. O último voo de Milão para São Paulo deverá sair nesta segunda-feira, 2.

"Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota. A companhia é consciente do problema e espera que a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes", afirmou, em nota, o presidente da companhia no Brasil,  Jerome Cadier.

 A companhia afirmou ainda que os passageiros com passagens compradas poderão remarcar a viagem sem multa ou solicitar reembolso.  Aqueles que já estão em Milão e retornariam para São Paulo depois desta segunda-feira serão realocados em voos de outras empresas ou em outras rotas da própria Latam. 

Coronavírus

A confirmação da presença do coronavírus em todos os continentes está causando preocupação sobre a capacidade de reação global à doença. O vírus que surgiu na China no fim do ano passado já chegou a 64 países, ultrapassa o número de 3 mil mortes e chega quase aos 88 mil infectados. O Brasil confirmou o seu segundo caso no sábado, 29, ambos em São Paulo, e investiga 252 casos suspeitos. 

Os sintomas da infecção podem se assemelhar a uma gripe comum na maioria das pessoas e, para evitar a propagação do vírus, os órgãos recomendam medidas de higiene simples, como lavar as mãos regularmente e usar álcool em gel. Confira aqui respostas para perguntas frequentes sobre o assunto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.