Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Laura Tyson e Krugman veem retomada nos EUA

Laura Tyson, uma das principais assessoras econômicas do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou no sábado, em entrevista à agência Bloomberg, que o país pode estar à beira de uma recuperação. Ainda segundo ela, o impacto do pacote de estímulo do governo deve aumentar no terceiro trimestre do ano. Há pouco mais de um mês, declarações de Laura abriram nos EUA um debate sobre a necessidade de um novo plano de estímulo. Na época, ela afirmou que "certos tipos de (novos) estímulos ajudariam a economia". "Nós podemos ter alcançado a estabilidade, podemos estar no início de uma virada", disse ela, com base em estatísticas econômicas divulgadas recentemente. A opinião de Laura foi endossada pelo prêmio Nobel de Economia do ano passado, Paul Krugman, que normalmente se tem mostrado pessimista com as perspectivas econômicas do país. "É bem possível, ainda que não seja certo, que, retrospectivamente, nós diremos que a recessão terminou em julho ou agosto, talvez em setembro", afirmou, também à agência. "Minha aposta é de que estamos começando a mudança neste momento. Agosto provavelmente será o mês da virada", disse Krugman.

Agências internacionais, KUALA LUMPUR, O Estadao de S.Paulo

10 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.