Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

'Lava Jato se comunica com crise econômica', diz presidente do BNDES

Maria Silva abriu evento no Rio nesta quinta-feira e evitou menções à atual crise política

Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2017 | 11h48

RIO - A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, abriu o XXIX Fórum Nacional, no Rio, afirmando que, “no momento que temos vivido, é importante não perder o foco no futuro”. Ela não mencionou explicitamente, no entanto, que o contexto atual é de acusações de envolvimento do presidente Michel Temer em episódios de corrupção, que vieram à tona na noite de ontem.

Em seu discurso, Maria Silvia destacou ainda que o País vive uma crise econômica e política “sem precedentes” e que a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, “se comunica com a crise econômica”. Ressaltou que a crise brasileira tem motivações internas e criticou, mais uma vez, as medidas anticíclicas da gestão passada do banco, sob a gestão petista, que, em sua opinião, não foram capazes de estimular o investimento.

Para a executiva, o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) não teve impacto positivo na formação bruta de capital fixo e também na produtividade da indústria brasileira, que mantém os piores indicadores do mundo, considerando estatísticas divulgadas por consultorias estrangeiras.

Mas, em sua opinião, já é possível ver “sinais cada vez mais consistentes na retomada do crescimento”. Ainda assim, disse ela, “ninguém espera sair de recessão tão profunda em meses”.

Tudo o que sabemos sobre:
BNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.