Lavagna discute Alca nos EUA

O ministro de Economia da Argentina, Roberto Lavagna, viajará amanhã para Washington, onde participará da cúpula que analisará o andamento das negociações da Alca-Área de Livre Comércio das Américas. Lavagna viajará com o vice-chanceler Martín Redrado para defender a posição do Mercosul, junto com o Brasil, de negociar "4 mais 1 dentro do Mercosul e os Estados Unidos". O discurso argentino está bastante afinado com o brasileiro. O ministro disse que "enquanto os produtos agrícolas não estiverem incluídos de uma maneira clara , nenhuma negociação avançará".Embora o ministro tenha afirmado que viajará somente para participar da reunião da Alca, fontes do Ministério de Economia informaram que ele manterá contatos com diretores do Fundo Monetário Internacional e com o Tesouro norte-americano. Lavagna deverá se reunir com o diretor gerente do FMI, Horst Köhler, que aceitou convite do presidente Néstor Kirchner para negociar pessoamente o próximo acordo com o país e viajará à Buenos Aires nos próximos 60 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.