Lavagna quer discutir agenda comercial com Brasil

O ministro de Economia, Roberto Lavagna, vai aproveitar a viagem que o presidente Néstor Kirchner fará hoje ao Brasil, para passar a limpo a agenda de conflitos comerciais entre os dois países. Depois do acordo privado no setor têxtil, com o compromisso brasileiro de auto-limitar as exportações para a Argentina, o próximo tema polêmico no comércio entre os parceiros diz respeito aos produtos lácteos. Os argentinos querem aumentar suas exportações de leite para o mercado brasileiro mas por conta da acusação de dumping, o setor mantém um acordo de preços que vencerá em junho. A Argentina já anunciou que não quer prorrogar o acordo e os empresários de ambos países estão debatendo o assunto desde janeiro passado. O caso da chamada linha branca de eletrodomésticos é outro ponto espinhoso da relação.

Agencia Estado,

15 Março 2004 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.