Lavagna se reúne hoje com Snow

O ministro de Economia da Argentina, Roberto Lavagna, reúne-se hoje em Washington com o secretário do Tesouro norte-americano, John Snow. Debaixo do braço, Lavagna leva a promessa de aprovação no Congresso, nas próximas duas semanas, de duas leis exigidas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e pelo próprio Tesouro: a compensação bancária pela pesificação assimétrica da economia e mudanças no sistema de definição de preços das exportações, as quais afetarão a arrecação de impostos. O ministro almoçará hoje com o secretário do Tesouro, com quem discutirá o andamento das negociações em curso com o FMI. John Snow teria manifestado, segundo uma fonte do Ministério de Economia, que o governo dos Estados Unidos se interessa por um acordo que "garanta a estabilidade financeira e o crescimento sustentável da Argentina", já que o país é o maior sócio do FMI, com 17% do poder de voto da diretoria. O objetivo de Roberto Lavagna é conseguir um empurrão nas negociações com o FMI para que o acordo seja fechado até o final deste mês, quando se expira o atual convênio com o organismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.