Le Biscuit amplia rede de lojas e moderniza gestão

A rede Le Biscuit - nascida a partir de um armarinho em Feira de Santana, na Bahia - organizou a expansão da rede de lojas ao mesmo tempo que mudou a gestão: contratou a Ernst & Young para auditar suas contas, buscou profissionais de mercado para os cargos de diretoria e eliminou todos os processos informais. A mudança foi capitaneada pelo presidente da companhia, Álvaro Sant"Anna, de 35 anos, que assumiu o negócio fundado pelo pai há uma década. O empresário considera 2011 um marco na história da companhia: até o fim do ano, serão abertas cinco novas lojas, que alavancarão a ambiciosa meta de superar a marca de R$ 200 milhões em faturamento - uma expansão de quase 50% em relação a 2010. Tanto trabalho fez a Le Biscuit colocar o pé no freio das negociações. "Não posso falar com todos os fundos, não quero que o pessoal perca o controle da operação", diz Sant"Anna. No entanto, ele não descarta totalmente uma venda a curto prazo: "Toda a empresa está à venda. Só depende da proposta."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.