Lehman Brothers demite 1.425 em todo o mundo

Demissões complementariam as 2.500 realizadas nos últimos 6 meses em financeiras de hipotecas residenciais

Hélio Barboza, da Agência Estado,

10 de março de 2008 | 14h02

O banco americano Lehman Brothers anunciou que vai demitir 5% de sua força de trabalho, ou 1.425 funcionários, em todas as suas empresas e nas regiões em que opera, devido ao aprofundamento da crise nos mercados financeiros.A instituição financeira, que deve reportar cerca de US$ 2 bilhões em baixas contábeis líquidas quando divulgar o balanço do quarto trimestre, na próxima semana, tinha 28.500 empregados quando terminou seu último ano fiscal, em novembro. Uma fonte próxima aos planos de corte de pessoal disse que as demissões complementariam as cerca de 2.500 realizadas nos últimos seis meses em financeiras de hipotecas residenciais.Os funcionários de bancos de Wall Street vêm esperando uma onda de demissões há meses. Alguns acreditam que uma vez que uma instituição financeira inicie os cortes de pessoal, outras farão o mesmo. As demissões do Lehman Brothers foram anunciadas na manhã de hoje, na rede de TV CNBC. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Lehman Brothers

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.