Lei das S.As.: votação só em novembro

O projeto que altera a Lei das S.As. e o que fixa o teto para aposentadoria no setor público devem ser votados somente nos dias 8 e 9 de novembro. A notícia foi divulgada pelo líder do PSDB na Câmara, Aécio Neves (MG), ao sair da reunião em que os líderes partidários discutem a votação do projeto que trata do teto de aposentadorias e cria o Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos. Como os participantes da reunião ainda não chegaram a um acordo sobre a proposta, os líderes decidiram pedir ao governo a retirada do regime de urgência da matéria, pois isso está impedindo a votação de outros projetos pelo plenário da Câmara. Segundo o líder do PSDB, a proposta deverá ficar mais próxima do texto sugerido pelo deputado José Carlos Aleluia ( PFL-BA), já que o parecer do relator da matéria na comissão especial, deputado Robson Tuma (PFL-SP), não agradou aos parlamentares governistas. Se, até o início de novembro, não houver entendimento, haverá votação, segundo o deputado. O mesmo processo ocorrerá com o projeto da Lei das S.As., cujo texto ainda enfrenta resistência na própria base governista, apesar de ser considerado fundamental para revigorar o mercado de capitais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.