Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Leilão da Lotex será realizado no dia 29 de novembro, avisa BNDES

Esta é a segunda tentativa do governo federal para conceder a exploração da chamada 'raspadinha' à iniciativa privada; prazo da concessão da Lotex será de 15 anos

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

27 Setembro 2018 | 09h14

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) marcou para o dia 29 de novembro o leilão de concessão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), hoje sob a gestão da Caixa. O leilão vai ocorrer às 10 horas na B3 em São Paulo. A entrega das propostas deverá ser feita pelos interessados no dia 27 de novembro das 10 horas às 13 horas, também na B3. As informações estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 27. O edital com as regras do certame poderá ser obtido a partir de hoje na sede e no site do BNDES. 

Esta é a segunda tentativa do governo federal para conceder a exploração da chamada 'raspadinha' à iniciativa privada. Um primeiro leilão da loteria estava agendado para o início de julho, mas não houve nenhuma proposta apresentada. 

Na quarta-feira, 26, o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) publicou resolução flexibilizando o pagamento da outorga mínima de R$ 542,1 milhões do serviço como forma de atrair investidores e conseguir relançar o leilão. Com isso, o valor poderá ser quitado pelo vencedor do leilão em até quatro parcelas. Inicialmente, o pagamento deveria ocorrer de uma só vez, em parcela única. 

"O pagamento pelo ônus da outorga fixa poderá ser realizado em até 4 (quatro) parcelas, observado o seguinte: o critério de julgamento utilizado na licitação será a maior oferta sobre a parcela inicial pelo ônus da outorga, a ser paga como condição para celebração do contrato de concessão; as demais parcelas serão fixas e deverão ser pagas anualmente, com atualização monetária, após a celebração do contrato de concessão", determina a resolução, assinada pela Secretaria-Geral da Presidência da República e pelo Ministério da Fazenda. O prazo da concessão da Lotex será de 15 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.