Leilão de artes a lance livre em março

Os amantes de quadros têm uma boa oportunidade de adquirir obras por preços abaixo da avaliação. Entre os dias 4 e 7 de março, sempre às 21 horas, a Tableau Arte & Leilões vai realizar o primeiro evento do ano na Galeria Paulistana. Serão 640 obras, 83% delas em lance livre. Há estilos para todos os gostos: clássicos, modernos, nacionais e estrangeiros.As peças estarão em exposição entre os dias 1.º e 3, das 14 às 22 horas. Segundo o leiloeiro Luiz Carlos Moreira, os leilões em lance livre resgatam a idéia de poder adquirir peças a preços abaixo do mercado. "Do total de obras leiloadas, 95% são negociadas", afirma."Estamos trazendo gente nova para o mercado das artes. Os leilões estavam sendo muito elitistas", diz Moreira. "No lance livre, é o público que estipula o preço, o que é uma ótima oportunidade de negócios. Leilão tem mesmo de ter disputa."De acordo com ele, as peças podem ser negociadas por interessados de todo o País. Isso porque é possível conferir o catálogo completo das obras pela Internet e participar do leilão por telefone. Ao todo, são oito pessoas responsáveis por esse sistema. "O cliente interessado em determinada peça nos telefona ou nós telefonamos para ele no início do leilão do lote, e ele acompanha todo o andamento da negociação."Este ano, a empresa fará outros cinco leilões, todos com a maior parte dos lotes em lance livre. Os eventos ocorrerão em abril, junho, agosto, setembro e novembro.CuriosidadesEntre as peças que serão leiloadas, há algumas curiosidades. Uma delas é um quadro pintado pelo humorista Chico Anysio, Casa de Pescadores. "Ele tem muitas obras e dedica-se bastante ao assunto", explica o leiloeiro. O quadro está avaliado em R$ 5 mil, mas será negociado em lance livre.Há ainda dois quadros pintados por Bauer que ilustram o piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna, morto em 1994. Uma das figuras, que retrata o piloto em seu macacão vermelho da McLaren, está avaliada em R$ 4 mil. Outra boa oportunidade é a obra Vênus e Pássaro na Chuva, de Milton Dacosta. Avaliada em R$ 10 mil, a obra também estará em lance livre. Entre as poucas peças com base de preço estipulado, o destaque fica por conta de uma obra de Alfredo Volpi, Olaria no Rio Pinheiros, que foi reproduzida na capa do catálogo do evento. O preço de avaliação da obra está entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, e será leiloada pela base de R$ 40 mil. A tela Gente da Bahia, de Carybé, avaliada em R$ 50 mil, figura como outro destaque do evento. O lance mínimo será de R$ 15 mil. Leilão de Arte Tableau - Galeria Paulistana: Rua Consolação, 2.925, Jardins. Telefones: 5096-0875 e 3063-4643.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.