Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Leilão de Libra atrairá US$ 180 bilhões, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse, nesta quinta-feira, 17, durante a apresentação do 8º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC-2) que o programa de concessões de infraestrutura do governo brasileiro é ambicioso e vai dar mais competitividade às exportações brasileiras. "Com novas concessões a serem apresentadas, o programa pode chegar a meio trilhão de dólares", afirmou. Ele citou concessões nas áreas de energia elétrica, aeroportos, portos e rodovias.

LAÍS ALEGRETTI, EDUARDO RODRIGUES E RICARDO DELLA COLETTA, Agencia Estado

17 de outubro de 2013 | 12h34

Mantega lembrou que na próxima semana será realizado o leilão de Libra, o primeiro do pré-sal pelo regime de partilha. A data prevista é na segunda-feira, dia 21. "O leilão de Libra é muito importante porque vai promover volume de investimentos de aproximadamente US$ 180 bilhões", afirmou.

O ministro voltou a dizer que os investimentos estão puxando a economia em 2013 e que, em 2014, isso também ocorrerá. Ele afirmou que no ano que vem "uma boa parte" das concessões estará "leiloada e produzindo investimentos.

Mantega afirmou que a taxa de investimentos subirá de 18% para 24% até 2022. "Seja com investimento público ou privado, elevaremos a taxa de investimento sobre o PIB", afirmou. Ele acrescentou que isso depende das concessões e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Tudo o que sabemos sobre:
PAC 28º balançoMantegaLibra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.