Leilão de linhas do Madeira deve ser até fim de setembro

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Zimmermann, disse ontem que o governo mantém a previsão, contida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de leiloar até o fim de setembro o conjunto de linhas de transmissão ligando o complexo das usinas que serão construídas no Rio Madeira (Rondônia) ao município de Araraquara (SP).O governo publicou ontem no "Diário Oficial da União" uma resolução do Conselho Nacional de Desestatização (CND) que propõe a inclusão dessas linhas no Programa Nacional de Desestatização. Esse é o primeiro passo formal do processo de licitação do projeto.Energia nuclearZimmermann comentou também a decisão do governo federal de criar um conselho para discutir a política de energia nuclear. Zimmermann reiterou que a intenção inicial do governo é a de construir pelo menos mais quatro usinas nucleares, além das duas já existentes em Angra dos Reis (RJ) e de uma terceira cuja construção foi autorizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.