Leilão de ONs do Itaú gira R$ 195 milhões

A Bovespa informou que o leilão de ações ordinárias (ON, com direito a voto) do Itaú, realizado às 17 horas de ontem, girou R$ 195,250 milhões. Foram vendidas 1,1 bilhão de ações. O montante representa 1,65% do total de papéis ordinários do banco. O preço foi reduzido de R$ 180,00 para R$ 177,50 por mil ações em função do papel ser negociado após juros a partir de hoje. Esse leilão correspondeu a uma nova versão de outra operação suspensa na última sexta-feira. Por volta das 14 horas daquele dia, apenas dois negócios tinham sido responsáveis por 46,8% do volume naquele momento, de R$ 423 milhões. Segundo fontes do mercado, o Itaú teria recomprado mais uma parcela de seu capital que estava em poder da portuguesa Caixa Geral de Depósitos (CGD). No entanto, a operação deveria ter sido comunicada à Bolsa com pelos menos 24 horas de antecedência, o que implicou no cancelamento do negócio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.