Leilão de opção de venda tem ágio de 349% em MG

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2013 | 02h14

O leilão de contratos de opção de venda de café feito pelo governo teve forte interesse entre produtores e cooperativas de Minas Gerais ontem, e o pregão terminou com ágio de 349%. A Companhia Nacional de Abastecimento ofertou para Minas contratos para sustentar os preços de 700 mil sacas de 60 kg de café arábica. Pelo sistema, produtores e cooperativas adquirem o direito de vender café para o governo até 31 de março de 2014 por R$ 343.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.