Leilões de arte ofertarão 1.473 obras

Quatro leilões vão aquecer o mercado de arte em São Paulo a partir do dia 26. Ao todo, serão leiloadas 1.473 obras, entre pinturas, esculturas e outros itens, com preços até 90% abaixo do valor original, segundo os leiloeiros.A Galeria Paulistana, com um acervo de 640 peças, vai apostar nos lances livres para garantir um bom público. "Quem vai estipular o preço inicial de 77% dos itens será o próprio comprador", afirma o leiloeiro e propretário da Tableau Arte e Leilões, Luiz Carlos Moreira.Um dos destaque será o quadro Nu, de Eliseu D´Angelo Visconti, com lance mínimo de R$ 2 mil. "O valor real de mercado dessa obra chega a R$ 20 mil", garante o leiloeiro.Entre as principais pinturas também estão Mulata na Cadeira de Balanço, de Emiliano Di Cavalcanti (R$ 35 mil), Girassol, de Francisco Brennand (R$ 2 mil), e Admirando a Ilha, de Antonio Parreiras (R$ 8 mil)."Será nosso último leilão do ano", avisa Moreira. A exposição será realizada de amanhã até domingo, das 14 às 22 horas, na Rua da Consolação, 2.925, na região dos Jardins. O leilão ocorre entre os dias 26 e 29, a partir das 21 horas, no mesmo endereço.BeneficenteObras de Cândido Portinari, Di Cavalcanti e Vicente do Rego Monteiro são atrações do leilão que o Renot Escritório de Arte realiza dia 26, às 21h30, no Hotel Intercontinental, em São Paulo. Serão 133 itens com preços entre R$ 500 e R$ 350 mil (preço do quadro Vaso de Flores, de Portinari, em óleo sobre tela). Outros destaques são as pinturas Mulata na Floresta, de Di Cavalcanti, e Figura com Cachorros, de Rego Monteiro.Também no dia 26, a Jô Slaviero e Guedes - Galeria de Arte realiza um leilão beneficente, com parte da renda revertida para a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (Abem). O evento terá cem obras de artistas como Adriana Florence, Alberto Lume e Ernesto Piva, entre outros. O início está programado para as 21 horas, na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2.074, no Jardim Paulistano.PombosA pintura No Convés, de Cândido Portinari, em óleo sobre madeira, será um dos principais destaques do leilão que a galeria Pró Arte realiza de 3 a 6 de dezembro, às 21h30, na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.644, no Jardim América.De acordo com o proprietário da galeria, Marcelo Felmanas, o valor do lance mínimo para o quadro de Portinari será de R$ 150 mil. Outra atração é a obra Telhado com Pombos, de Di Cavalcanti, com preço inicial de R$ 45 mil. "Isso corresponde a 30% do valor real de mercado desse óleo sobre tela", garante Felmanas.O leilão também terá obras de Pancetti, Roberto Burle Marx, Clóvis Graciano, Aldo Bonadei, Sérgio Telles e Orlando Teruz, entre outros. A exposição será realizada nos dias 1.º e 2 de dezembro, das 10 às 20 horas.Galeria Paulistana: (0--11) 5096-0875 / Renot: (0--11) 3083-5933 / Jô Slaviero & Guedes: (0--11) 3061-9856 / Pró Arte: (0--11) 3085-7488

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.