Leilões e pesquisa eleitoral seguram cotações

O mercado financeiro deve operar um pouco mais tranqüilo devido aos leilões - um para a troca de títulos cambiais com prazo menor marcado para hoje e outro de LTN (título prefixados do Tesouro Nacional) de curto prazo que será realizado amanhã - e também ao resultado da pesquisa Datafolha, divulgado no domingo, que confirmou o crescimento da candidato José Serra e a queda de Lula.No caso do leilão de troca de títulos cambiais, o Banco Central está comprando papéis com vencimento em 2004 e 2005 e ofertando títulos com vencimento em 2003, o que deve acalmar os investidores que buscavam um encurtamento dos prazos.Também está ajudando a aliviar a tensão o fato de o governo ter se rendido à vontade do mercado e anunciado para amanhã um leilão de LTNs com vencimento no dia 2 em outubro, sem embutir, portanto, o tão temido risco político. No entanto, os analistas alertam que a volatilidade continua porém dentro de um quadro menos sombrio.Com relação à corrida presidencial, o Datafolha mostrou Serra em segundo lugar isolado, subindo de 17% para 21% das preferências, e Lula saindo de 43% para 40%, ainda na liderança folgada. A disputa está polarizada entre o candidato do PT e o do PSDB indicado que os dois partidos devem ir para o segundo turno. Outro dado positivo da pesquisa foi a melhora na avaliação do governo Fernando Henrique Cardoso, cuja popularidade aumentou de 29% para 31%.Números do mercadoHá pouco, o dólar comercial estava sendo cotado a R$ 2,6380, com alta de 0,04% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagam taxas de 19,400% ao ano, frente a 19,630% ao ano negociados na sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta de 0,85%.

Agencia Estado,

10 de junho de 2002 | 11h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.