Lessa confirma que linha total para mídia é de R$ 4 bilhões

O presidente do BNDES, Carlos Lessa, confirmou hoje que a linha total de financiamento para as empresas de mídia chegará a R$ 4 bilhões. Segundo ele, deste montante R$ 2 bilhões serão direcionados para o refinanciamento das dívidas de curto prazo das empresas, outros R$ 500 milhões para financiar a compra de papel de imprensa e mais R$ 1,5 bilhão das linhas clássicas da instituição para financiar a ampliação de capacidade.De acordo com ele, a proposta foi primeiro encaminhada para observação dos senadores. Em seguida, depois de todas as sugestões serem entregues ao banco, a proposta vai ser ajustada e reformatada para então ser submetida à aprovação da diretoria do BNDES para aprovação. "Gostaria de resolver esta questão no prazo de dois a três meses, mas isto depende de resposta do Senado", afirmou.Ele informou também que ainda não há empresas pleiteando financiamentos porque a proposta ainda não foi fechada. Lessa deu as declarações no palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, onde foi assinar contrato de financiamento de R$ 469 milhões para a Companhia de Saneamento de Minas Gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.