Líbia quer nativos na direção de empresas

NACIONALIZAÇÃO

, O Estadao de S.Paulo

05 de setembro de 2009 | 00h00

O governo da Líbia deverá exigir diretores executivos de nacionalidade líbia em joint ventures estabelecidas no país com companhias estrangeiras, segundo reportou o Financial Times, citando um executivo estrangeiro do setor de petróleo e um diplomata do Ocidente. A medida deve ser vista como mais um passo em direção à nacionalização da indústria de petróleo do país. Segundo o jornal, a instrução do governo é de que todas as companhias com participação estrangeira apontem líbios para cargos executivos e que todas as companhias estrangeiras operem em parceria com companhias nacionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.