Agência Câmara
Agência Câmara

Líder do PP diz que retirada do BPC e rural do texto da Previdência foi bandeira do legislativo

'Estamos dando prova de maturidade absurda no momento que País vive', disse Arthur Lira

Idiana Tomazelli, Mariana Haubert e Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2019 | 19h06

BRASÍLIA - O líder do PP na Câmara, Arthur Lira, disse que a retirada de itens que alteram o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria foi uma bandeira do Legislativo no encaminhamento da reforma da Previdência até este momento. “Estamos dando prova de maturidade absurda no momento que País vive. Votamos assuntos importantes para que governo possa caminhar com seus próprios pés”, disse ele, que é um dos principais líderes do Centrão.

“Maia ganha como presente essa meta cumprida”, disse Lira, lembrando que hoje é aniversário do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Lira também foi um dos defensores de que Estados e municípios ficassem de fora do texto da reforma. Ele afirmou que essas “ressalvas sempre foram no sentido de deixar reforma mais leve”. O líder disse ainda que é importante que cada um tenha sua parcela de responsabilidade para ter reforma justa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.