Líderes do G-20 prometem ação rápida por acordo de Doha

Líderes mundiais prometeram trabalhar "o mais rápido possível" para concluir as negociações de um acordo global de comércio e ter suas principais autoridades no assunto reunidas no começo do próximo ano, mostra o esboço de um documento do G-20 nesta sexta-feira.

REUTERS

25 de setembro de 2009 | 10h02

"Continuamos comprometidos com uma maior liberalização comercial. Estamos determinados a buscar uma conclusão ambiciosa e equilibrada para a Rodada de Doha em 2010", afirmam os líderes no comunicado obtido pela Reuters.

Os líderes do G-20, que agrupa países desenvolvidos e emergentes, estão reunidos em Pittsburgh para negociações que visam colocar o mundo em uma rota de crescimento mais sustentável após a pior crise econômica em décadas. A versão final do comunicado será divulgada após o encontro de dois dias.

A Rodada de Doha, lançada no final de 2001 com a meta de ajudar países pobres a progredir por meio do comércio, já se tornou a série mais longa de negociações comerciais desde a adoção do atual sistema internacional.

Tudo o que sabemos sobre:
DOHAGVINTELIDERES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.