Líderes europeus reiteram necessidade de supervisão de mercados

Governantes europeus reunidos em Berlim neste domingo apoiaram a supervisão de todos os mercados financeiros, incluindo a atuação de fundos de hedge, e querem sanções contra paraísos fiscais, de acordo com um comunicado da reunião obtido pela Reuters. O resumo da nota do encontro organizado pela chanceler alemã, Angela Merkel, descreve a situação dos mercados financeiros como "perigosa" e vê a necessidade de reformas estruturais e de os países focarem nos gastos públicos como forma de saírem mais forte da crise global. "Nós salientamos hoje mais uma vez a nossa convicção de que todos os mercados financeiros, produtos e seus participantes devem ser objeto de supervição e regulação, sem exceção, não importa o país", afirmou o comunicado. (Reportagem de Gernot Heller)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.