Líderes gregos irão a Bruxelas para discutir resgate

Líderes dos três partidos que formam o governo da Grécia irão a Bruxelas para tentar obter concessões por parte dos parceiros europeus ao pacote de resgate ao país assim que o primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, se recuperar de uma cirurgia no olho, de acordo com o líder do partido Esquerda Democrática, Fotis Kouvelis.

REUTERS

25 de junho de 2012 | 09h41

"Nós concordamos que, assim que o primeiro-ministro se recuperar, iremos juntos a Bruxelas... para negociar e lutar por tudo que está relacionado à implantação do que foi acordado", disse Kouvelis a repórteres.

Samaras e o novo ministro das Finanças, Vassilis Rapanos, não comparecerão a uma cúpula da União Europeia esta semana devido a tratamentos de saúde. Samaras deixou o hospital nesta segunda-feira com uma proteção no olho. Rapanos deve sair na terça-feira, após tratamento estomacal.

(Reportagem de Greg Roumeliotis)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGRECIARESGATE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.