finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Light apresenta defesa sobre apagões

A Light apresentou na última sexta-feira à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a sua defesa prévia no processo de apuração de responsabilidade pelas sucessivas interrupções de energia ocorridas no Rio de Janeiro, em dezembro do ano passado. A assessoria de imprensa da Aneel confirmou a entrega das explicações da Light no prazo estabelecido, mas não divulgou o teor da defesa. As explicações da concessionária fluminense estão sendo analisadas pela Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade da Aneel, que deverá decidir se aplica ou não multa à distribuidora de energia. Não há, no entanto, prazo definido para a decisão da Agência. A Light foi notificada pela Aneel no dia 19 de dezembro. Caso a distribuidora seja considerada culpada pela falta de luz elétrica, a agência reguladora poderá aplicar multa de até 1% do faturamento anual da empresa, como prevê o termo de notificação. Confirmada a hipótese de aplicação da multa, a Light poderá recorrer ainda à diretoria da Aneel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.