Liminar libera remédios retidos devido à greve de fiscais

A Federação Brasileira da Indústria Farmacêutica (Febrafarma) conseguiu na Justiça uma liminar para a liberação imediata de medicamentos e insumos farmacêuticos importados e exportados retidos nos portos, aeroportos e fronteiras em decorrência da greve dos auditores fiscais da Receita Federal. A liminar ao mandato de segurança impetrado pela Febrafarma foi concedida pelo juiz Marcelo Rebello Pinheiro, da 1ª Vara Federal em Brasília, no dia 25.O mandado de segurança impetrado pela Febrafarma beneficia cerca de 270 laboratórios filiados às entidades que compõem a Febrafarma e pretende evitar uma situação crítica na produção da indústria farmacêutica que leve ao desabastecimento de medicamentos, pondo em risco a saúde da população.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.