Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Liminar suspende licença ambiental provisória para Jirau

Licença autorizava consórcio Enersus a instalar o canteiro de obras e fazer outros trabalhos para construção

LEONARDO GOY E GERUSA MARQUES, Agencia Estado

24 de novembro de 2008 | 10h31

Uma liminar da 3ª Vara da Justiça Federal de Rondônia suspendeu a licença ambiental provisória parcial, liberada na semana passada pelo Ibama, para a usina hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira. A licença autorizava o consórcio Energia Sustentável do Brasil (Enersus) a instalar o canteiro de obras e fazer outros trabalhos iniciais para a futura construção da hidrelétrica. Com a liminar, porém, essa licença está suspensa.O Consórcio Enersus informou que, até o momento, entretanto, os trabalhos ainda não foram paralisados já que a notificação não foi entregue ao grupo. A Advocacia Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão.A liminar foi concedida a partir de uma ação movida pelo Fórum Brasileiro de ONGs e Movimento Social para o Meio Ambiente e Desenvolvimento.

Tudo o que sabemos sobre:
Jiraulicençaliminar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.