Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Liminares não afetarão leilão de gás, avalia ANP

A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, disse que a 12ª rodada de áreas exploratórias vai acontecer nesta quinta-feira, 28, de forma tranquila, apesar das liminares de entidades de classe e ambientais contra a realização da licitação.

SABRINA VALLE, Agencia Estado

28 de novembro de 2013 | 08h56

Segundo Magda, as tentativas de bloquear a rodada são uma manifestação democrática da sociedade. Mas, de acordo com a engenheira, o número de liminares nesta rodada é até menor do que nos outros dois leilões realizados neste ano. Uma equipe da Advocacia Geral da União (AGU) está de plantão para derrubar as liminares.

"Este é um leilão de gás natural, terra e nova fronteira. Estamos fazendo uma semeadura de uma nova cultura", disse Magda, lembrando que, há 15, 20 anos encontrar gás era considerado um problema. "Hoje o gás já representa 10% da matriz energética, está crescendo e é importante para o Brasil".

Tudo o que sabemos sobre:
gásleilãoMagda Chambriard

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.