Linha de crédito para estocagem de álcool está aberta

A linha de crédito parafinanciamento da estocagem de álcool combustível, anunciadarecentemente pelo governo para incentivar a produção, já estánas prateleiras das agências do Banco do Brasil. Segundo ogerente de negócios e estruturas agroindustriais da instituição,Rogério Pio, o processo está na fase de recebimento daspropostas dos produtores. O período de contratação do empréstimovai até 31 de dezembro. "Nos próximos dias assinaremos contratocom o Tesouro." No total são R$ 500 milhões destinados ao setor, sendoR$ 425 milhões para produtores das Regiões Sul, Sudeste eCentro-Oeste, e R$ 75 milhões, para Norte e Nordeste. Osrecursos são provenientes da Contribuição de Intervenção noDomínio Econômico (Cide).As condições para a obtenção docrédito estão definidas na Resolução 3.025. Segundo o documento,os usineiros só podem financiar 60% da quantidade mantida emestoque. A taxa de juros para a contratação do montante é de 95% ao ano. Os usineiros só poderão retirar o produto estocado apartir de janeiro e desde que efetue o pagamento do valorproporcional à quantidade de álcool a ser retirada. O objetivo égarantir o abastecimento do mercado na entressafra e evitarfalta de álcool nos postos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.