Liquidações: dicas para uma boa compra

Anunciadas como liquidações, grandes vendas a preços especiais costumam atrair consumidores ávidos por economia. Mas para evitar arrependimentos e outros problemas o consumidor deve estar atento ao adquirir mercadorias de que realmente necessita, por preços justos e que realmente sejam ofertas. O Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, orienta o consumidor a pesquisar preços em locais diferentes, de forma a não se deixar levar apenas pela atrativa denominação "liquidação". Além disso, o órgão recomenda que se guarde todo o material publicitário pois o mesmo servirá como auxiliar valioso para uma eventual reclamação. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) determina que "toda informação ou publicidade veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação, com relação a produtos ou serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado". Verifique o estado das mercadorias, abrindo embalagens e, quando for possível, checando no local se o produto funciona e se o número de peças e acessórios que o acompanham confere com as informações da embalagem e manual de instruções. No caso de outros problemas não relacionados com o produto, os direitos do consumidor são os mesmos do que para uma mercadoria comprada em época normal. Os prazos para reclamar desses defeitos, ou seja, a garantia legal, é de 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para produtos duráveisCuidados na hora de pagarVerifique antes as opções de pagamento oferecidas pela loja, lembrando-se que esse tipo de venda costuma atrair um grande número de interessados. Ao usar cheques pré-datados não deixe de emiti-los nominais à loja, anotando no verso o dia combinado para o depósito. Exija que essa informação conste da nota fiscal. Se o pagamento for feito com cartão de crédito, esteja atento se todos os campos do boleto estão preenchidos corretamente e se o cartão devolvido é realmente o seu. As compras financiadas requerem particular atenção sobretudo quanto aos juros cobrados nas prestações. Nesse sentido, as compras à vista devem ter preferência sobre as compras a prazo, já que, geralmente, é oferecido um desconto para compras à vista. Em caso de compras financiadas, ao receber os carnês, verifique se está de acordo com o contrato e lembre-se que o seu não recebimento não o isenta do pagamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.