Lista traz produtos com alíquota de importação menor

O Diário Oficial da União trouxe hoje a lista de produtos de informática e de telecomunicações que tiveram as alíquotas de importação reduzidas para 2%. A medida foi tomada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), que se reuniu ontem em Brasília. A novidade busca estimular os investimentos produtivos, por meio da redução do custo de aquisição de máquinas e equipamentos no exterior que não tenham produção nacional.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

20 de outubro de 2010 | 10h41

Entre os projetos beneficiados estão o de transmissão de energia, processamento de minérios, produção de embalagem do tipo longa vida, produção de aços galvanizados, produção de blocos de motor e outras peças utilizadas no setor automotivo e instalações de boias em tubulações submersas no mar em águas profundas.

Em outra resolução, a Camex suspendeu por um ano a aplicação de direito antidumping sobre as importações de carbonato de bário chinês. O produto químico é utilizado no revestimento de tubos de raios catódicos utilizados em televisores analógicos. A aplicação da sobretaxa foi suspensa a pedido da empresa Química Geral do Nordeste, que deixou de fabricar o produto devido à perda de mercado daquele modelo de televisor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.