Litro da gasolina sobe R$ 0,05 e atinge maior valor no ano

Após Petrobrás anunciar aumento no preço do combustível na refinaria, preço ao consumidor subiu 1,98%

Nathália Larghi, O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2016 | 20h35

SÃO PAULO - O preço médio do litro da gasolina aumentou R$ 0,05 na última semana, saindo de R$ 3,691 para R$ 3,742. Foi a segunda semana consecutiva de reajuste do combustível. A alta, de 1,38%, ocorreu após a Petrobrás anunciar, no último dia 5, a elevação de 8,1% no preço do combustível na refinaria. Em relação aos R$ 3,635 reportados na primeira semana de 2016 pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Combustíveis (ANP), o preço subiu R$ 0,10 e atingiu o maior valor no ano.

 

 

Na semana anterior ao anúncio da estatal, o litro da gasolina custava, em média, R$ 3,655. Entre os dias 4 e 10 de dezembro, quando foi feito o comunicado, o combustível sofreu uma alta de R$ 0,036, ou 0,98%. 

Nas duas últimas semanas antes do anúncio da Petrobrás o preço ficou praticamente estagnado, com leve queda de 0,27%. A média do litro do combustível passou de R$ 3,665 para R$3,655. 

A decisão de aumentar o valor do combustível aconteceu menos de um mês após uma redução. Caso o aumento decidido no último dia 5 fosse passado integralmente ao consumidor, o litro da gasolina poderia ficar até R$ 0,12 mais caro. 

A Petrobrás justificou a decisão de elevar o valor da gasolina pela desvalorização da taxa de câmbio e da alta nos preços do petróleo. Na ocasião, também foi reajustado o preço do diesel na refinaria, em 9,5%.

Tudo o que sabemos sobre:
SÃO PAULOPetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.