Livro Bege: condições econômicas melhoraram nos EUA

As condições econômicas continuaram a melhorar em boa parte dos Estados Unidos no final de outubro e início de novembro, mas um mercado de mão de obra fraco e a deterioração do setor de imóveis comerciais permanecem como pontos negativos na recuperação norte-americana, revela o Livro Bege do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

SUZI KATZUMATA, Agencia Estado

02 de dezembro de 2009 | 17h32

O Livro Bege apontou que as condições de vários dos 12 distritos "melhoraram modestamente". Os gastos de consumo cresceram, as vendas de residências aceleraram e a pressão salarial ficou contida, segundo o relatório, que foi preparado pelo Fed de Nova York, e avalia as condições econômicas no país, do final de outubro até 20 de novembro. O relatório servirá de base para a decisão de política monetária no próximo encontro do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do banco central americano, marcado para os dias 15 e 16 de dezembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Livro BegeFedimóveisempregoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.