Lobão: crise não interferirá em investimentos no pré-sal

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje que a crise financeira internacional não vai interferir nos investimentos para a exploração de petróleo e gás da camada pré-sal, em águas ultraprofundas. "Estou convencido de que não teremos sofrimento nessa matéria", disse o ministro ao chegar à Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional, na Câmara dos Deputados, onde participa de audiência pública.Lobão avaliou que, de certo modo, a crise dos mercados "já está esmaecendo". "Não de maneira absoluta, mas a intensidade do passado já não existe. Os países estão tomando providências bastante firmes, inclusive o Brasil, para conter a crise", disse.EquadorAo ser questionado sobre a intenção do governo de Equador de expulsar Furnas do país, Lobão disse que, na prática, nada aconteceu com a estatal brasileira no Equador. "Não se pode expulsar o vento. Não havia instalação física ou funcionário. Não havia nada. Então, eu não sei o que foi expulso", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.