Lobão envia carta a Serra sobre usinas da Cesp

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, encaminhou hoje uma carta ao governador de São Paulo, José Serra, em que não garante a renovação das usinas hidrelétricas da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), cuja concessão vence em 2011 e 2015. Na carta, à qual a Agência Estado teve acesso, o ministro ratifica a prorrogação da concessão da usina de Porto Primavera. O documento diz ainda que a discussão sobre a prorrogação da hidrelétrica de Três Irmãos, que vence em 2011, será "analisada oportunamente, a exemplo de Porto Primavera, cuja situação é assemelhada".O ministro lembra, na carta, que a concessão das usinas de Ilha Solteira e Jupiá vencem em 2015, mas não afirma que serão prorrogadas. Lobão informa ao governador que será criado um grupo de trabalho, no âmbito do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), "para estudar e propor as condições e critérios para o tratamento de usinas amortizadas/depreciadas, levando em conta o princípio da modicidade tarifária".A carta cita o leilão da Cesp apenas para dizer que a obtenção da anuência prévia se dará junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O governo de São Paulo conta com prorrogação das concessões das usinas para assegurar o sucesso do leilão da Cesp, marcado para a próxima quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.