Lobão: não pensamos em elevar preço de combustível

O ministro de Minas e energia , Edison Lobão, descartou a possibilidade de os preços internos dos combustíveis aumentarem este ano, apesar de o barril do petróleo continuar subindo no mercado internacional. "Nós não estamos pensando em elevação de preço dos combustíveis este ano", disse o ministro ao ser indagado se a gasolina poderia aumentar. Questionado se o governo mantinha decisão de não reajustar os combustíveis, mesmo com os preços estourando, respondeu: "Estamos falando em termos de hoje". Em seguida o ministro lembrou que o governo já reduziu a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para evitar aumento de combustíveis. "Depois que houve a elevação de diesel e não houve da gasolina, em razão do abatimento da Cide, o petróleo subiu consideravelmente e apesar disso não se tomou nenhuma providência nesta direção", disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.