Locação residencial volta a aquecer em São Paulo

O mercado de locação residencial da cidade de São Paulo viveu um bom momento no primeiro semestre de 2004, e deve acompanhar a retomada da economia brasileira. Esta é a expectativa de 155 empresas do ramo imobiliário e de administração de imóveis, em pesquisa realizada pelo Secovi-SP (sindicato das empresas do setor imobiliário).O otimismo é maior entre as empresas que se dedicam ao negócio de locação de casas e sobrados. Para 58% das empresas, este segmento foi melhor do que as expectativas no primeiro semestre, e deve repetir a dose até o final do ano.O segmento de locação de apartamentos manteve estabilidade, de acordo com a expectativa das empresas entrevistadas. Para este setor, no entanto, haverá maior demanda no segundo semestre, para 43,7% das imobiliárias."Este momento é de transição para o mercado imobiliário paulista. O crescimento é lento, mas vai surtir efeitos mais significativos nos próximos meses", afirma o presidente do Secovi, Romeu Chap Chap. Para ele, as pessoas estão criando coragem para se endividar a longo prazo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.