Lockhart, do Fed: tudo será usado para estimular economia

Ações incisivas das autoridades norte-americanas para conter a recessão retomarão o crescimento econômico na segunda metade do ano, disse um presidente regional do Federal Reserve nesta segunda-feira, alertando, no entanto, que a crescente fraqueza internacional é um risco. "Ao injetar capital nos bancos, eu acredito que o Tesouro norte-americano fortaleceu e fortalecerá mais os balanços (das empresas)", afirmou o presidente do Fed de Atlanta, Dennis Lockhart, em discurso. O Tesouro já injetou mais de 200 bilhões de dólares nos bancos e junto ao Fed e outras agências federais emitiu nesta segunda-feira uma promessa de fornecer mais capital se necessário. Lockhart, que é membro votante de comitê de política monetária do Fed neste ano, acrescentou ser difícil medir o começo e o fim da recessão e ressaltou existir uma tendência em ser pessimista ao prever a retomada do crescimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.