Lojas virtuais facilitam pagamento

As lojas virtuais estão oferecendo as mesmas facilidades de pagamento que os demais estabelecimentos. No entanto, é importante lembrar que em toda compra virtual o consumidor terá que desembolsar também o valor do frete para a entrega do produto, que varia conforme o local de destino do pedido. Os preços podem variar, em média, de R$ 2,00 a R$ 30,00.Para efetuar o pagamento, o comprador tem a possibilidade de utilizar cartões de crédito, cheque, boleto bancário e DOC. Alguns sites aceitam cheques pré-datados e até mesmo parcelam o valor total da compra, dependendo da quantia gasta. A loja virtual Americanas.com selecionou 700 itens para o Natal que podem ser pagos em até oito vezes sem juros no cartão de crédito. Normalmente a loja trabalha com prazo de até três vezes sem juros.Existem aqueles que preferem trabalhar apenas com pagamento à vista para diminuir o risco de inadimplência. É o caso da livraria Siciliano. O presidente do OSite, Flávio Pedreira, acredita que os riscos de uma compra na loja virtual ou física são os mesmos. "A relação entre cliente e fornecedor inicia-se de uma forma virtual, mas termina efetivamente no endereço real do comprador na hora da entrega."Sites que parcelam pagamento cobram jurosO consumidor deve ficar atento aos sites que oferecem prazos mais longos de parcelamento, como o site Amelia. Nesses casos, sempre haverá cobrança de juros. Nas compras efetuadas na página, com opção de parcelamento entre quatro e oito vezes, o juro é de 1,99% ao mês; de 9 a 12 vezes, a taxa mensal sobe para 2,90%.Uma dica interessante seria a pesquisa de preços oferecida por alguns sites especializados, como a do Buscapé (veja o link abaixo). O visitante pode escolher a categoria do produto e o site oferece várias opções de preços, modelos e endereços virtuais para a compra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.