Lojas virtuais lançam venda por telefone

As lojas virtuais resolveram ampliar seus canais de venda para garantir lucro. Americanas.com e Officenet.com (veja os links abaixo) acabam de lançar catálogos com uma gama de produtos do portal para realizar vendas por telefone. O menu é enviado à casa dos clientes pelo sistema de mala direta. Se o consumidor se interessar, liga para fazer o pedido, ou seja, a transação não passa pelo computador.Recém instalada no País, a empresa argentina Officenet.com credita 60% do faturamento mensal de US$ 3 milhões ao catálogo, com a venda de materiais de escritório para 20 mil empresas. Os outros 40% vêm da Internet. Até o fim do ano, a Officenet.com espera conquistar 6 mil clientes no País. A Americanas.com deu início a sua campanha de mala direta em julho. Enviou mais de 500 mil catálogos pelo correio. Pelo menos 5 mil pessoas compraram algum produto do portal. O Submarino começou a vender pelo telefone recentemente. Um telefone para contato é divulgado em anúncios na rádio e por meio da loja virtual que recebe entre 100 e 150 pedidos diários. Segundo o diretor da Submarino, Luiz Elísio de Melo, esse número corresponde a 5% das vendas totais.Novo canal de comércio pode aumentar a receita e os clientesPara o diretor de Marketing da Americanas.com, Frederico Monteiro, o novo canal de venda representará um incremento de 10% na receita da companhia. O diretor da consultoria Edge Research, Souvenir Zalla. acredita que, assim, as lojas virtuais estarão tornado os futuros internautas clientes fiéis. De fato, o diretor de Marketing da Americanas.com, aposta nessa tese. "Muita gente que nos ligou para comprar tem computador mas não se atreve a comprar ainda pela rede", diz. Quando eles começarem, porém, já terão o nome da Americanas.com em mente." Em agosto, a Americanas.com faturou R$ 2 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.