Louis Dreyfus surpreende e muda presidente um ano após sua entrada

O presidente-executivo da gigante de commodities Louis Dreyfus está deixando o cargo em um movimento surpresa depois de apenas um ano, com o grupo buscando um novo CEO enquanto revisa estrutura corporativa para mais se assemelhar a uma empresa aberta.

Reuters

25 de abril de 2014 | 12h18

O presidente-executivo Ciro Echesortu deixará o cargo em 1º de junho. O diretor financeiro Claude Ehlinger assumirá a posição interinamente, disse a Louis Dreyfus Commodities em comunicado na sexta-feira.

Um novo presidente-executivo vindo de fora da Louis Dreyfus iria reforçar a sua transição para uma estrutura corporativa de empresa aberta, que a companhia considera necessária para sustentar seu crescimento.

A trading internacional Louis Dreyfus Commodities informou em março que o lucro líquido das operações continuadas caiu para 640 milhões de dólares em 2013, ante o recorde de 970 milhões de dólares do ano anterior.

(Reportagem Gus Trompiz em Paris e Sarah McFarlane em Londres)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSDREYFUSCEO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.